, ,

Como uma marca registrada gera lucro à sua empresa

Se você pensa que registrar uma marca é só despesas e taxas está pensando errado. Existem muito mais bônus do que ônus no registro das marcas, e é a fim de provar isso que separamos para você um conteúdo totalmente exclusivo revelando as razões do porquê ter sua marca registrada gera lucro ao seu negócio.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Segundo o advogado Amilto Manfredi, especialista em propriedade intelectual, o primeiro grande benefício de se registrar sua marca (ou patentear sua invenção), é a segurança jurídica que o registro trás no aspecto de estar trabalhando com algo que é de comprovadamente seu, que você tem o direito de usar.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O fato de ter o certificado de registro que comprove que seu negócio é de fato sólido, aliado à certeza de ter a exclusividade não só a nível regional, como a nível nacional, é propagado na cultura da empresa, que por consequência é transmitida aos consumidores. Isso auxilia na reprodução de uma imagem mais segura do que é oferecido, além da transmissão de mais profissionalismo e qualidade.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Não é difícil de concluir, então, que essa nova cultura na empresa influencia as vendas positivamente impulsionando-as e gerando experiências melhores aos seus clientes.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Uma marca registrada gera valor monetário para o seu detentor

Além do benefício da segurança, uma marca registrada torna-se um bem imaterial para o detentor, seja ele pessoa física ou jurídica. Isso torna possível dimensionar e avaliar a marca de forma que ela tenha um valor monetário específico dessa propriedade.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Para a contabilidade dos bens de um negócio, então, além dos imóveis, da lista de clientes e fluxo de caixa, a marca registrada é adicionada na contagem da mensuração do valor da empresa como um todo, aumentando o valor percebido perante investidores e também o valor final das ações, aplicações e vendas.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Há casos em que a marca em si vale mais do que as propriedades físicas que uma empresa tem, e isso traz muito lucro ao detentor, que pode traduzir a força de uma marca em valores monetários reais.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Com uma boa imagem, a marca vale mais que o serviço ou produto à venda

Você conhece alguém que só usa celular de uma marca específica não importa o preço? Ou tem algum conhecido que ao entrar em uma loja de sapatos pede logo pela mesma marca que está acostumado a usar? Sua mãe compra sempre a mesma marca de sabão em pó porque diz ser a de mais qualidade?

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Pare e pense: quantas marcas você está usando nesse momento, seja de vestuário, tecnológicas ou de papelaria. Não nos damos conta, mas todos os dias e a todo o momento estamos escolhendo uma marca à outra. “Por que tomar café nesta lanchonete e não naquela?”, “por que comprar essa televisão e não outra?”. Você pode não perceber, mas está sendo moldado pelo conceito que as marcas conquistas no seu subconsciente. Leonard Mlodinow, físico estadunidense, comprova essa afirmação em seu livro intitulado Subliminar.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

É claro que a qualidade do serviço ou produto que você oferece conta muito, mas a avaliação dessa qualidade estará atrelada à imagem da marca e, administrando bem essa imagem, a marca por si só venderá o que sua empresa oferece. Aliado a esse fato, está a possibilidade de aumentar o preço das vendas simplesmente porque a marca é forte o suficiente para que o consumidor opte adquirir um produto mais caro, mas que em seu julgamento apresenta um custo-benefício maior que os dos concorrentes.

 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O registro e o lucro através de Royalties

Com o registro de uma marca, há a possibilidade de geração dos famosos royalties. Isso quer dizer que toda vez que alguém quiser deter o uso para a produção de qualquer parte que seja que se refira à marca do detentor, precisará retornar um valor monetário estipulado ao proprietário do registro.⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

No mundo da música, por exemplo, os royalties são um valor pago ao autor ou compositor de uma determinada música, para ter o direito de usar ou reproduzir a música em questão.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Os royalties são muito comuns também no sistema de franquia, uma taxa que é paga de forma periódica pelo franqueado ao franqueador. Esse valor é uma porcentagem do faturamento bruto obtido pela franquia.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

No contexto empresarial, muitas vezes uma pessoa investe dinheiro em uma empresa, cobrando depois royalties, uma porcentagem do faturamento obtido na venda do produto ou serviço. Além disso, os royalties também podem ser uma forma de remuneração pela utilização de processos tecnológicos patenteados para a produção de algum produto.

 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Expansão para franquias

O investimento em franquias e microfranquias tem crescido muito nos últimos anos devido a crise. Isso porque esse sistema permite ao franqueado portar todos os benefícios gerados pela imagem pública de uma marca, subtraindo assim os esforços para procura de clientela e reconhecimento da qualidade dos serviços prestados.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Franquias são ótimos atrativos para empreendedores que querem penetrar o mercado já com uma boa vantagem competitiva. Uma unidade franqueada pode abrir em seu bairro neste mês, mas a confiança que passará será a da marca que está portando, ou seja, o franqueado não precisará investir o mesmo tempo e dinheiro que os fundadores originais para ter o mesmo retorno monetário.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

O nome ou logomarca registrado no INPI impede que seu lucro seja desviado a terceiros

Outro aspecto muito importante é que, detendo o registro da sua marca, você tem o direito de impedir que terceiros usem a mesma marca ou semelhante no seu segmento. Essa prática impede que um determinado público esteja comprando em um estabelecimento que não é seu, achando que está adquirindo aos seus serviços/produtos.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Marcas semelhantes no mesmo segmento prejudicam os lucros, pois desviam parte da clientela para consumir outro produto ou serviço que não seja o seu.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Registrando a marca, porém, isso não será problema pois, caso aconteça, você pode requerer extrajudicialmente a cessão do uso indevido da sua marca (ou uma semelhante) por terceiros. Seja uma página no Facebook, um site ou uma placa: você tem todo o direito de exigir que terceiros parem de usar sua marca indevidamente. Se a pessoa após o aviso não parar de usar seu nome ou logomarca registrado, medidas perante a justiça podem e devem ser tomadas.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Economia de tempo e dinheiro

Por fim, outra grande vantagem de ter a marca registrada e devidamente contabilizada, além da proteção da Lei e todos os demais aspectos supracitados, é que você não vai perder o seu investimento em construção da marca, marketing, decoração, publicidade e etc, por ser notificado por um terceiro exigindo que você mude seu nome. Infelizmente isso acontece com muitas empresas, por vezes até bem intencionadas, que por não terem conhecimento da necessidade do registro da marca acabam usando um nome já registrado no INPI e precisam descartar o trabalho e investimento de anos em cima daquela marca por não terem o direito de uso.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

No quesito de economia de tempo, também há a vantagem de poder ser assessorado por especialistas (caso você contrate esse serviço) que cuidam de todos os aspectos ligados à propriedade intelectual para a sua empresa. Prazos, movimentações no processo de pedido de registro, colidêncidas, notificações judiciais e extrajudiciais, tudo isso evita preocupações desnecessárias e também que você tenha que acompanhar semanalmente as atualizações no sistema do INPI, economizando seu tempo e otimizando-o para que seja aplicado em outras questões importantes da sua rotina.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Quer saber mais sobre o assunto? Assista nosso webinar com especialistas dando mais dicas de como você pode lucrar mais com direitos autorais ou com marcas registradas.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *