A MARCA DO SEU TEMPO

 

Antônio B. Pereira  – Diretor PMBR Campo Grande/MS

Enquanto o tempo passa, o presente torna-se passado, o futuro, presente, e os momentos sucedidos tornam-se lembranças de um tempo que jamais volta, as névoas do esquecimento aumentam de intensidade, e aquilo que real, torna-se sombras do passado cada vez mais distante.

                               O mundo evoluiu, e junto, a necessidade de lembranças perpétuas parece ser uma obrigação cada vez mais intensa, basta ver a quantidade de participantes em diversas redes sociais e recursos de aplicativos que prometem imagens impactantes para atrair um número maior de pessoas. Um tipo estranho de querer sempre ser lembrado, nunca esquecido, e talvez eternizado.

Aliás, as pessoas, nem todas é claro, sejam em grupos ou não, procuram traduzir a sua personalidade, reino, país, sociedade, com algo que a eternizasse, e surgem, emblemas, marcas, bandeiras, imagens, estátuas e outras, que as representassem e fossem lembradas ao longo de séculos, e óbvio, muitos de fato não foram esquecidos.

Os tempos são outros, as necessidades também, mas o desejo de não ser esquecido é mais intenso, não importa que seja de pessoas ou empresas.

As marcas se perpetuam ao longo de gerações, e a necessidade, dependendo da importância, a precisão de vincular a marca a um proprietário, tornando-o exclusivo de uso, com objetivo de transmitir informações de credibilidade (ou também não). O fato é que, nos momentos atuais, uma marca registrada de alguma coisa, serviços, empresa, é uma forma de protegê-la, sinônimo de patrimônio.

Mas de que maneira um registro de uma marca é tão importante? As vantagens são tantas, entre elas: a proibição de cópias não autorizadas de produtos e/ou serviços, isto permite maior credibilidade naquilo que faz e o torna exclusivo, além da possibilidade de expansão de sua empresa no formato de franquias, permitindo maior número de pessoas adquira seus produtos e/ou serviços, e por último ainda, permite licenciar sua marca para que outras empresas possam produzir ou divulgar seus serviços.

Iniciei o artigo com a frase A MARCA DO SEU TEMPO justamente sugerir que registros, lembranças, transcendem o tempo, espaço e gerações, formando o que somos hoje, que nada mais é o resultado de tudo que experimentamos. Neste momento pensei em um Coca-Cola, e que marca, e olha quantas gerações já se passaram.

 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *