APRENDA COM O ERRO DE UM BILIONÁRIO: REGISTRE SUA MARCA

Por: Túllio Marinho e Eduardo Ferreira

 

Quando as pessoas decidem abrir um negócio, elas geralmente pensam em um nome para sua empresa, e as vezes começam na informalidade, com os poucos recursos e ferramentas que têm. Aos poucos vão construindo a identidade da empresa (marca), de modo que esse negócio passa a ter uma logomarca que define como aquela empresa é reconhecida pelo mercado.

Em algum momento esse(a) empresário(a) decide formalizar sua empresa e registrá-la na Junta Comercial do seu Estado, e nesse momento ele acredita fielmente que a sua marca está protegida, já que registrou na Junta Comercial o nome do seu estabelecimento.

Acontece que, no Brasil, o processo de proteção legal da marca não funciona dessa forma e temos um exemplo real de um grande empresário que descobriu isso da pior forma possível – perdendo a sua marca.

Você certamente já ouviu falar do empresário e bilionário Flávio Augusto, dono da rede de escolas de inglês Wise Up e do clube de futebol da MLS Orlando City.

Em seu livro, bem como em diversas entrevistas, o Flávio Augusto narra um dos grandes erros que amargou no início de sua carreira, onde deixou de fazer o registro no Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI de sua então marca “Winners School”.

O fato é que, por não ter registrado sua marca no INPI, o empresário foi surpreendido por uma notificação judicial para que deixasse de usar a marca “Winners School”, diante do fato de que outra empresa já havia registrado uma marca similar. Logo, por esse motivo o empresário deveria parar imediatamente de utilizar tal identificação, sob pena de diversas sanções legais.

Sem saída, Flávio Augusto teve que mudar sua marca para “Wise Up”, tal como é conhecida atualmente, mas perdeu todo o investimento financeiro que já tinha feito e teve que elaborar nova marca e iniciar a comunicação do zero. Prejuízo grande.

Pois é, até mesmo as mentes mais brilhantes cometem erros. Ora, histórias como essa deixam um aprendizado enorme, posto que a falta de informação pode ocasionar imensos prejuízos para a sua empresa.

Imagine você, empresário, que não possui o registro de sua marca junto ao INPI, na verdade sequer tinha conhecido dessa necessidade, e agora está sendo notificado judicialmente para deixar de utilizá-la, pois outra empresa mais precavida fez o registro necessário e tem o direito de uso exclusivo da marca que você fez todo o investimento? Não é fácil.

Todo o material de identidade visual de sua empresa terá de ser trocado, causando enorme prejuízo financeiro ao seu caixa, além da perca de sua clientela, visto que seus clientes não mais associarão a nova marca com a sua empresa, ou seja, terão que construir toda a comunicação do zero, tudo pela ausência de registro da sua marca junto ao INPI.

Desse modo, aprenda com quem passou por essa triste experiência e hoje é empresário de sucesso. Então REGISTRE SUA MARCA já e proteja o seu negócio.

Leia Mais –  A importância do registro : considerações sobre o uso indevido de marca registrada

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *